quarta-feira, 23 de julho de 2008

Assim assim



Que eu entrelaço meus dedos com os teus numa vontade de fazer um nó, um nó de nós.
Que eu desapareço no meio de um abraço onde já decorei tua circunferência, e as nossas circunstâncias.
Que o meu pensamento se perde, andando numa só direção.
Que eu aprendo sobre gaivotas que namoram de costas, sobre corais, artesanato, embarcações, faróis, lugares, mares...
Que aprendo a perder o medo da borracha do tempo, essa malvada senhora que apaga algumas lembranças.
Que eu preencho um tempo que nem sabia vazio e um espaço oco que se chamava buraco.
É bem assim, assim... Bem é!

5 comentários:

Anônimo disse...

Puxa vida, Magda!
Já começo a invejar esse cara que ganhou teu coração...
De verdade...

PS: Magda, minha amiga, eu amo esses teus sentimentos...quem dera pudesse passear nos porôes dessa tua consciência!

Horácio, o plutônicamente apaixonado.

.raven. disse...

Magdinha.... vai dizer que o moço é colega de curso? Eu falo que somos epseciais e ninguém acredita....hahahaha

Fico imensamente feliz por vc com todo esse sentimento que lhe preenche...

Eu to assim assim também, mas vaziazinha.... Mas uma hora preencho esse espaço...

Desconfio que acho que sou muito cheia de mim e acham que não tem espaço pra mais nignuém... Sei lá, ando confusa neste sentido...

Por um lado as coisas estão muito claras, por outro, acho que nunca estiveram tão turvas.
Mas vamos levando que um dia a maré traz algo de bom!

Mesmo com meus "choramingos"... ESTOU ABSOLUTAMENTE FELIZ POR VC ESTAR COM ESSE SENTIMENTO TÃO GOSTOSO EMANANDO DE VC!

Amo passar por aqui também!!!

Muitos upas! =D

Magda disse...

Para Horácio e para Má:

Saibam vocês que meu coração é grande e tem cadeiras marcadas, não deixo ninguém sentar na de vocês.
Saibam vocês que não esqueço essas visitas, essas em palavras e palavras tão boas que muitas vezes me emociono lendo.
Quando a gente expõe o pensamento, e em conseqüência o sentimento, se transforma em um alvo facinho para críticas, de todas as formas. Garanto para vocês que tudo li, dessas palavras que vocês me escreveram até hoje, carrego no coração. E mesmo sem a gente nunca ter se visto ou escutado a voz um do outro separei cadeiras do lado dos bons amigos.

Um upa demorado, apertado e virtual em cada um.

(Má, ele era teu colega de aula :D)

.raven. disse...

Eu sabia... oceanólogos são naturalmente doidos, poéticos, emotivos, sensíveis, e têm visões de outro mundo.... Mesmo eu que não uso "psicotrópicos".... hahahaha... Aproveita!

filipenz_3 disse...

eh, eu tb jah to com um ciuminho... ehhehhehehehe mas tambem muito feliz q tu estejas assim in love... tu mereces toda felicidade do mundo!

e qndo tiver um tempinho, sem pressa, sem querer atrapalhar nada heheheh poe uma mensagenzinha p esse amigo q te ama muito e q as vezes eh meio esuqecido e desnaturado tah????? bjoooooooooo te amo