quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Carta para o Filipe

Já faz um tempo que não tenho uma pessoa colorida me esperando na entrada do prédio quatro. Era tão bonito de se ver um menino parado sorrindo para mim, com um cachecol embalado pelo vento.
Esse menino tem um sorriso largo mais fácil de abrir do que o próprio coração, coração que me dragou lá pro seu fundinho, onde moro num contentamento só.
Amizades verdadeiras fazem um álbum de fotografias na cabeça da gente e de sentimentos também, se é que existe álbum de sentimentos, se não existe inventei para guardar nossas gargalhadas, dobradas, nossas conversar que só a gente entende e todos, todos aqueles abraços.
Quando a gente ganha um irmão depois de grande parece que fica mais bobo.

3 comentários:

filipenz_3 disse...

amore meu!!!!!!!!!! eu naum sei nem oq dizer!!!!! lindo!!!! amei... e eh verdade, tb tenho na minha mente nossas conversas e todo o tempo q passamos juntos guardados como fotos, sem uma sequencia logica ma q p mim e eu sei q pra ti tb faz todo sentido... tah todas as conversas naum pq me esuqeço neh ehehe (culpa do tal cha q me deram) mas as imagens tenho todas... t amoooooooooo

fernanda disse...

hahahaha cha q deram a ele..felipi eh massa, saudade dele e tua tb

beijaoooo

saudades

ps. amnha vo dar um jeitinho de dar uma passada ai, so pra um ooiii rapido!!!

.Kel. disse...

huahua lindoooo ... sem falar na falta uqe ele deve fazer nas aulas para debochar dos professores, conversar sobre as coisas "sérias" da vida hehhe..

saudades de vocês... beijoss