quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Projeto Loteamento no Céu



É o tanto que eu me amo que me faz ter esse tipo de idéia.
Eu fui ver a festa de Iemanjá no Cassino, até larguei um barquinho de papel, cheio de pedidos e flores, para ela me dar uma força e para oceanógrafos me darem uma pedrada. Fui de carona com meu primo, levei só uma mochila e um travesseiro, meu plano era o seguinte: ver a festa, ficar lá no feriado, dormir e no dia seguinte ir até a cidade para levar um currículo no SINE e pegar meu diploma lá na FURG. Consegui tudo, mas deu um trabaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalho...
Primeiro: fui de tênis e calça jeans, no outro dia isso não cabia na mochila e tive que voltar com essa mesma roupa;
Segundo: o outro dia fez quase 40° C;
Terceiro: a calça era juuuuusta e colou;
Quarto: a blusa era preta e o suor pingou;
Quinto: o travesseiro me acompanhou em todo o trajeto;
Sexto: depois de uma hora caminhando no sol um travesseiro lembra muito um acolchoado de penas;
Sétimo: não tem micro para voltar da reitoria, ou seja, caminhadinha no sol do meio-dia até a faixa;
Oitavo: Busão lotado, voltar para casa de pé.

Mas teve uma coisa muito boa, descobri onde é o furinho que sai o ar condicionado no ônibus e vim brincando de ventilador no meio do corredor, abstrai a galera.

Desenho da Ingrid.

Obs: até agora nenhum e-mail ou ligação das empresas de Rio Grande.

Um comentário:

Ingrid disse...

Meu termômetro ta torto HUDFGAUSDGFASD