segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Cartinha para Caloi

Querido leitor do fale conosco (não deveria ser ouvinte?), a bicicleta que eu queria não existe! Modelinho super-simples, banco com mola, bagageiro, pára-lama, cesto e marcha. Depois também queria que tivesse motor para subida e freio ABS para descida, embora eu nem saiba o que é freio ABS, mas fazem tanta propaganda que até acho que me servia. Podia ter banco reclinável após uma hora de pedalada (sedentária é a mãe!). Será que um guarda-sol ia ficar muito escandaloso? Vidros, não faço questão, o ventinho no rosto me agrada, e muito. Chopeira acoplada ao quadro é uma idéia bem interessante, não acham?
Vaporzinho automático após temperatura corporal atingir uns trinta e pouco graus seria bem adequado não é mesmo?
Ta chega! Só é verdade até o primeiro ponto final. Pô, fala sério, não existe bicicleta daquele modelo “meu vô tinha” com marcha??? Detalhezinho antes de me responder: à venda no Brasil e que não custe os olhos da cara.

Nunca me responderam...

3 comentários:

.Kel. disse...

Pois é... quando fui comprar minha bike em Rio Grande tive essa sensação de vazio, de que faltava algo...

Ai lembrei da frase antigaaaa:

Pai, não esquece a minah Caloi!!

ps:Ainda tem Caloi para vender em Pelotas? Em Rio grande era dificil encontrar com preços acessiveis..

Magda disse...

Aqui tbm Kel, nas lojas quase não se vê e quando aparecem são beeeem carinhas :(
Quando comprar a minha, caloi ou não, te mando a foto ;)

Saudade de tu!

Natali Rêgo disse...

Ahhh ;~~ pois eh, a mola do banco era tão legal ;~~