quarta-feira, 15 de abril de 2009

Amanhece com vapor no vidro



É o começo daqueles tempos gelados aqui do sul, que eu tanto reclamo de não sentir o dedão do pé, nem os joelhos, mas é só isso que tem de ruim e aquela falta de coragem de tomar banho logo cedinho. É nesse período que abraçar, que já era tão bom, fica melhor ainda. E dá vontade de se aproximar das pessoas, partilhar cobertor e amor, do jeito mais simples e bom.
Essa foto me deu vontade de ser passarinho.

Um comentário:

Gabi disse...

Eu odeio sentir os pés gelados, a boca ressecada e aquele friiiio antes de entrar no chuveiro. Eu odeio ter que acordar cedo e enfrentar o sereno da estrada. Eu odeio o ar gelado na nuca, a neblina, as roupas pesadas e os dias nublados. Mas, só de pensar que o inverno traz consigo abraços apertados, eu passo a gostar de tudo isso.

Ai, fazia tanto tempo que não vinha aqui! Vi que tu deixou um comentário tão doce no meu blog mas, com a correria das aulas, nem consegui retribuir! Só hoje voltei a escrever lá, mas daqui a pouco já volto para os lívros de química, cálculo e física.

Ah, vi também que teu aniversário é amanhã :) Então aproveito pra te desejar um ótimo dia ao lado dos teus amigos e das pessoas que tu gostas.

Bom, acho que é isso! Obrigada pela visita no meu cantinho (e prometo voltar a retribuir com mais frequência :)

Beijo!