quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Sobre o mal-estar

É quando as borboletas do meu estômago batem as asas com mais força que fazem levantar, como poeira, todos os desaforos que eu engoli.


Obrigada pelo chazinho às 4 horas da madruga mãe ;)

3 comentários:

mim disse...

Natal tem esse mal...
Mas nada como uma mãe, bá.
Às 4 da manhã então, com um chá...

.raven. disse...

hehehehe...

vc e a Kel falando de borboletas com conotações diferentes...


Essas borboletas no estômago é porque vc exagerou na hora de plantar no jardim... acabou colocando mais coisa do que devia e as borboletes se confundiram.... hahaha

(Comentário maluco... que só faz sentindo lendo outro blog...)

Ah, e concordo com sua visão positiva sobre a vizinha gastadeira...

Beijão!

.Kel. disse...

Putz.. essas borboletas as vezes me incomodam também... mas eu nã otenho ninguém as 4 da manhã.. isso é que dá morar sozinha.. bjusss e feliz 2008!!!