segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Enquanto não inventam a máquina de tele-transporte

Acho que vou começar a fumar. Pode ser uma solução para aquelas constrangedoras situações em que a pessoa se vê sozinha em meio a uma multidão.
Com um cigarrinho na mão o estado “totalmente por fora do assunto” fica bem disfarçado. A gente ocupa o tempo mirando onde jogar a fumaça, opa, cuidado com a brasa, hum, não posso jogar cinza aqui...
Já repararam como uma pessoa sozinha em um bar, porém, com um cigarro na mão, parece totalmente integrada no ambiente?
Eu reparei. Não sei se porque eu destoava do meio jogando sinuca no celular (sem saber as regras e me matando de rir da pontuação negativa).
Também que o cigarro socializa a pessoa em outros aspectos né?! Sempre tem um para vir pedir fogo e tal.

Segundo um amiguinho de balcão de boteco o cigarro é essencial na noite, ele disse que antes de fumar ele ia para festas e ficava igual a uma curva de rio. Olhei com aquela “carinha de ué” (a mesma que vocês devem ter feito) e ele respondeu no mesmo segundo. “Curva de rio: Tudo que é entulho pára na volta!” hahahaha.

Tá bem, tá bem! É mentirinha. Não vou fumar nada. Vou continuar mandando mensagem de madrugada para o pessoal e aprendendo os joguinhos do meu celular (desculpa a hora Ferda?).

3 comentários:

Horácio disse...

Pô, que susto vc me deu!!! Pensei que fosse começar a fumar de verdade. "Chupetinha do diabo" não, né?
Ah, respondendo a tua pergunta: te encontrei por acaso.
Digamos que caí de pára-quedas no teu blog.
Como naqueles filmes onde o cara pula de pára-quedas e fica enganchado na copa de alguma árvore.
Teu blog é a árvore.
Nos filmes as vezes aparece um inimigo e pimba! taca um tiro no coitado.
Não sei se vai ocorrer comigo isso aí.
Se vc não atirar eu corto a corda e caio de uma vez.

.Má. disse...

Achei as justificativas do Horácio!!!

Eu já acho que o Horácio cansou de ler livros e não quer mais gastar comprando nenhum (porque nenhum o interessa, no momento, então, ele lê blogs.... Existem os bons e os ruins, nos bons ele "fica preso no pára-quedas"... Nos ruins ele sai voando rápido pra não voltar mais!

Anônimo disse...

mesmo fumando a gente passa por curva de rio... experiência própria
hahahahahaha